Menor demanda e aumento da oferta pressionam valor da tahiti

As demandas doméstica e externa por lima ácida tahiti estão enfraquecidas neste mês. Agentes consultados pelo Cepea relatam dificuldades de envio por navio e menor consumo devido à segunda onda de covid-19 no Brasil. Esse cenário, atrelado ao aumento da oferta de frutas provenientes de segunda florada, tem resultado em quedas nos preços da tahiti. Segundo pesquisadores o Cepea, esse contexto deve se manter nos próximos dias. Na parcial desta semana, a tahiti é comercializada à média de R$ 17,09/caixa de 27 kg, colhida, baixa de 27,5% em relação à da semana passada. 

Fonte:
 Cepea